Cooperado

Como é ser nosso cooperado?

A parceria com a Coopersaud, por exemplo, possibilita:

  • Dinamismo administrativo e operacional.
  • Otimização de recursos.
  • Aumento de produtividade.
  • Profissionais empreendedores e qualificados.
  • Foco nos negócios.
  • Segurança jurídica.

O sistema cooperativista também possibilita vantagens aos profissionais associados, entre elas:

  • Mais oportunidades de trabalho e rentabilidade.
  • Apoio para a recolocação profissional.
  • Benefícios.
  • Cursos e treinamentos.
  • Educação cooperativista.

São direitos do cooperado:

  • Participar das Assembleias Gerais, discutindo os assuntos que nela forem tratados;
  • Votar e ser votado nas Assembleias Gerais;
  • Propor ao Conselho de Administração, ao Conselho Fiscal ou às Assembleias Gerais medidas de interesse da cooperativa; *
  • Solicitar seu desligamento da cooperativa quando lhe convier;
  • Solicitar informações sobre seus débitos e créditos;
  • Solicitar informações sobre as atividades da cooperativa e, a partir da data de publicação do edital de convocação da Assembleia Geral Ordinária, consultar os livros e peças do Balanço Geral, que devem estar à disposição do cooperado na sede da cooperativa;
  • Prestar serviços pela Coopersaud, de acordo com os contratos comercializados;
  • Usufruir os serviços e benefícios pela Coopersaud a seus cooperados;

* A fim de serem apreciadas pela Assembleia Geral, as propostas dos cooperados, referidas em 'b', deverão ser apresentadas ao Conselho de Administração com a antecedência mínima de um mês e constar do respectivo edital de convocação; as propostas subscritas por, pelo menos, 10 (dez) cooperados, serão obrigatoriamente levadas pelo Conselho de Administração à Assembleia Geral e, não o sendo, poderão ser apresentadas diretamente pelos associados proponentes.

São deveres do cooperado:

  • Subscrever e integralizar as quotas-parte do capital nos termos deste estatuto e contribuir com as taxas de serviço e encargos operacionais que forem estabelecidos;
  • Cumprir com as disposições da lei, do estatuto e, se houver, do código de ética, bem como respeitar as resoluções tomadas pelo Conselho de Administração e as deliberações das Assembleias Gerais;
  • Satisfazer pontualmente seus compromissos com a cooperativa, dentre os quais o de participar ativamente da sua vida societária e empresarial;
  • Realizar com a cooperativa as operações econômicas que constituam sua finalidade;
  • Prestar serviços, respeitando o estatuto e regimento interno da Coopersaud, bem como as condições constantes nos contratos firmados pela cooperativa;
  • Levar ao conhecimento do Conselho de Ética, se houver, ou ao Conselho de Administração e/ ou Conselho Fiscal a existência de qualquer irregularidade que atente contra a lei, o Estatuto Social e, se houver, do Código de Ética da cooperativa;
  • Zelar pelo patrimônio material e moral da cooperativa;
  • Prestar serviços, respeitando as instruções da Coopersaud e as normas dos contratos firmados pela cooperativa;
  • Lembrar que o funcionamento da cooperativa é de interesse coletivo, e não individual;
Portal do Cooperado